Fluxo de Caixa do Motel: Onde está indo meu dinheiro?

O fluxo de caixa do motel é uma forma de controle para que o proprietário/gestor possa acompanhar a movimentação financeira do seu motel, para que as entradas e saídas de capital passem a ser registradas para verificação e análise.

Para que isso funcione todas as despesas devem ser registradas, o que pode ser feito por meio de uma planilha de Excel ou por um sistema de gestão online.

O correto é que sejam realizados acompanhamentos e relatórios periódicos com os números registrados no fluxo de caixa do motel. Os lançamentos podem ser diários, semanais, quinzenais ou mensais, dependendo da necessidade do proprietário/gestor do motel. A partir desta verificação de desempenho, o proprietário/gestor deverá começar a análise, procurando saber como chegou naquele resultado, sendo negativo ou positivo.

Porém, muitos motéis não ligam para esse tipo de ferramenta, apenas quando começam a sentir os problemas financeiros por não terem esse controle, é então quando começam a pensar “para onde está indo o dinheiro do motel?”. Portanto, separei alguns itens que devem estar no fluxo de caixa do motel:

Comerciais: Gastos com comunicação (agência de publicidade, anúncios, propagandas, Facebook, Instagram, etc.).
Financeiro: Gastos relacionados ao banco (empréstimos e afins).
Manutenção: Gastos com consertos de equipamentos e estrutura, reparos em geral, material de construção, mão de obra.
Despesas recorrentes: Gastos mensais (água, luz, tv a cabo, internet, telefone, cartório, produtos de lavanderia, itens internos da cozinha, etc.).
Contabilidade
Folha de pagamento
Despesa para funcionário: Classificados para contratação de funcionários, EPIs, vale transporte, INSS, FGTS, 13º salário, férias, etc.
Impostos
Mercadoria para venda: comidas, bebidas, bombonieres, ou seja, tudo o que é vendido para o cliente.
Investimentos: seja na estrutura interna do motel (cozinha, lavanderia, etc.) ou nos quartos/suítes.

As despesas do motel devem ficar mais ou menos distribuídas dessa forma:

Centro de Custo

Faturamento

Despesa Fixa

15% ou 20% do faturamento

Despesa Comercial

5% ou 10%  do faturamento

Folha de Pag. e Desp. c/ funcionário 40% ou 50% do faturamento

 

Abaixo um exemplo da planilha em Excel:

Além disso, deve-se manter um histórico do ticket médio, que é o valor médio das vendas gasto por cliente. Ele é calculado a partir da soma de suas vendas e dividido pelo número de clientes que fizeram essas compras. Resumindo, no caso do motel, é o total de faturamento do motel dividido pela quantidade de locações.

O fluxo de caixa do motel é apenas uma ferramenta que ajuda as empresas de um modo geral a definirem o planejamento com dados mais precisos. O instrumento apenas refletirá os resultados das ações de gestão financeira. De qualquer maneira, é fundamental ter o controle de tudo em um lugar. Ele ajudará a saber o quanto você já gastou, quanto vai gastar no mês seguinte e ter uma ideia do que gastou no ano.

Caso queira o arquivo da planilha em Excel, entrar em contato via e-mail: infobac@infobac.com.br.

Escrito por: Roberto Bacca Brunetto – Sócio Proprietário da Infobac Sistemas e com experiência de mais de 10 anos gerenciando motel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*